Luis Marcelo

Friday, June 23, 2006

Parreira muda o time e Brasil goleia pela primeira vez na Copa do Mundo

Com gols de Ronaldo, Juninho Pernambucano e Gilberto a seleção brasileira venceu o Japão por 4 a 1 na Alemanha e carimbou o primeiro lugar do Grupo F chegando a nove pontos ganhos. Com cinco modificações em relação ao time titular dos jogos contra Croácia e Austrália, na partida desta quinta-feira, 22, o técnico Carlos Alberto Parreira deixou a teimosia de lado e sacou do time os jogadores Cafu, Roberto Carlos, Emerson, Zé Roberto e Adriano, substituídos respectivamente, por Cicinho , Gilberto, Gilberto Silva , Juninho e Robinho.
O time do Brasil ainda não jogou tudo que esperávamos antes do início da Copa do Mundo, mas em comparação aos últimos confrontos a seleção brasileira evoluiu. O time mudou seu posicionamento dentro de campo e com a entrada de Juninho Pernambucano e Gilberto Silva, o Brasil voltou a ganhar o meio de campo. A saída do Adriano da equipe colaborou para que Ronaldo realiza-se uma boa partida, sendo eleito pela Fifa no final do jogo o melhor jogador da partida. Não que o Adriano seja um atacante ruim pelo contrario é um dos principais jogadores da Inter de Milão, mas atuar no mesmo time que Ronaldo já ficou provado que não da certo, um acaba atrapalhando o outro e o robinho deu mais poder de fogo ao ataque brasileiro.
Alias este jogo marcou também um recorde pessoal para o atacante Ronaldo. Com os dois gols, Ronaldo soma 14 gols e torna-se o maior artilheiro do país em Copas, superando Pelé (12 gols), e ainda igualando ao alemão Gerd Muller como o maior marcador da história dos mundiais.
Outro detalhe importante foram os laterais, ao contrário do que vinha acontecendo com Cafu e Roberto Carlos que dificilmente faziam uma jogada de linha de fundo. Cicinho e Gilberto, chegaram por diversas vezes ao ataque criando várias situações de gols e colaborando com Ronaldinho Gaúcho e Kaká na criação das jogadas.
Já Ronaldinho Gaúcho mais uma vez ficou devendo, esta semana ele inclusive afirmou que no Barcelona joga como um atacante e na seleção brasileira, além de ter que armar o jogo também têm que voltar para cumprir a marcação no meio de campo. Entendo que o técnico Parreira poderia colocar o Ronaldinho na posição que ele está abituado a jogar ao lado de Ronaldo no ataque para que possa mostrar todo o seu potencial.
Agora a copa do mundo começa pra valer e o Brasil não terá a mesma moleza desta primeira fase que permitiu alguns erros táticos sem prejudicar os resultados. A equipe que jogou contra o Japão tem que ser mantida. Não há mais tempo de cometermos os mesmos erros com apresentações vergonhosas da seleção brasileira diante de croatas e australianos.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home