Luis Marcelo

Monday, June 12, 2006

Brasil perde Fiori Giglioti



“Abrem-se as cortinas e começa o espetáculo, balão subindo, balão descendo, cabeça na bola, fogo é gol”. Estes e mais outros variados bordões usados pelo locutor da torcida brasileira, não serão mais ouvidos. O rádio esportivo perdeu na madrugada da última quinta-feira, 8, um dos ícones mais importantes da nossa crônica.
Aos 77 anos, Fiori Giglioti faleceu no Hospital Alvorada, em São Paulo. Há cerca de uma semana, ele já estava internado com problemas de úlcera e, posteriormente, próstata. De acordo com o boletim médico, a causa da morte foi falência múltipla dos órgãos.
Em 2001, o primeiro estágio que cumpri foi na rádio Record de São Paulo. Na ocasião, a equipe de esportes era comandada pelo mestre Fiori Giglioti, que foi um dos principais incentivadores para que eu ingressasse no rádio esportivo.
O professor Fiori era uma pessoa extraordinária e, mesmo com todo o seu prestígio, nunca deixou de ser uma pessoa humilde, tratando a todos com muito respeito e consideração. Exatamente o contrário de muitos profissionais que, quando estão numa situação privilegiada, usam e humilham as pessoas.
Fiori Giglioti trabalhou nas rádios Jovem Pan, Bandeirantes, Record e atualmente na rádio Tupi. É, o tempo passa torcida brasileira e as cortinas se fecharam para o mestre Fiori! Mas neste momento de tristeza o nosso coração se conforta, com a certeza de que Fiori Giglioti está agora reforçando o time do céu, ao lado de Pedro Luiz, Edson Leite entre outros monstros da narração.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home